Adeus, setembro!


Lá se vai setembro
de céu fumacento
flores amarelas
feito ouro novinho

Já deixa lembrança
e nova esperança
de dias melhores
e muita alegria

Lá se vai setembro
cá ficamos nós.

by Adriano César Curado

7 comentários:

disse...

Grande obra de arte, lindo poema, foto maravilhosa. Você tem a sensibilidade dos poetas a todo instante.

allmylife disse...

ótimo poema..boa sexta p vc =*

Fabiano disse...

Poema que bem nos mostra as cores de setembro, e a sua fotografia é a melhor ilustração desse mês em que começa a primavera.

Piettro Andrade disse...

Que Deus o ilumine para que você continue sempre se inspirar em obras de arte como essa. Meus parabéns pelo lindíssimo poema.

Eliane Alcântara. disse...

Que outubro, novembro, dezembro... seja portador de outros belos escritos. Parabéns. Beijos.

Vinicius. C disse...

Olá!!

Venho desejar um ótimo fim de semana!

O texto é perfeito parabéns!

Espero por você no Alma!

MARILENE disse...

Nossa vida também tem ciclos e suas estações não estão presas à primavera. Pode ir, setembro, que ainda veremos flores e ainda viveremos amores.

Bjs.