Considerações sobre o tempo



     Veja como o tempo passa depressa. Ainda ontem era Carnaval e daqui a pouco será Natal. Não faz muito e corríamos criança nos nossos mundos imaginários, mas logo seremos idosos com a obrigação da missão cumprida.

      Creio que temos de investir o tempo na família, na profissão, no espírito, para que o fim da cena não nos pegue com trabalho por concluir. As oportunidades são únicas e desperdiçá-las seria uma temeridade. Vejo tanta gente que ignora a vida nos vícios, no ócio, sem a responsabilidade de contribuir para a melhora de tudo isto aqui.

      De minha parte, embora reconheça que faço o mínimo do mínimo, acho que tenho pelo menos tentado manter viva uma chama na escuridão destes tempos difíceis. Procuro ser cordial com todos, cumprir bem meus compromissos profissionais, dar atenção à família e aos amigos, e por aí vai. 

     Isso não é nada perto da grande expectativa que depositam em nós, quando finalmente nos dão à luz. Mas é alguma coisa se comparado com tantos que só querem tomar o alheio, destruir o que está pronto e esperar o tempo acabar.

Adriano César Curado

14 comentários:

Carol Fernandes disse...

Às vezes penso se estou mesmo trabalhando certo esse tempo que me foi confiado. Acho que eu o desperdiço demais com banalidades, com futilidades que logo passam. E o pior é que, um dia, esse mesmo tempo me será cobrado – por mim mesma. Meu querido, sua postagem tocou meu coração e por isso lhe deixo um beijo.

Vanessa disse...

Que será de nós se não bem empregarmos o tempo que nos resta!

Linda postagem essa sua.

Bjkas.

Lara Mendes disse...

Considerações importantes sobre o tempo, o futuro e o destino.

Perfeito e real, como sempre.

Beijos.

MARILENE disse...

Sempre desperdiçamos um pouco do nosso precioso tempo, à espera de algo que, muitas vezes, está perto de nós. Os amigos, a família, o trabalho, nosso lar.
A cordialidade para com todos é recebida como um presente. Todos ansiamos pelo bem querer, por ser bem tratados. E se dermos isso, por certo receberemos o troco.

Bjs.

Fernanda Soares disse...

A cordialidade é sempre benígna para quem dá e para quem recebe. Isso é aproveitar o tempo.

Texto bonito.

Beijokas.

Sheila - Blog "Passarinhos no Telhado" disse...

"...O tempo é sua dádiva mais importante, pois você só recebeu uma quantidade fixa dele. Você pode fazer mais dinheiro, mas não pode fazer mais tempo. Quando você dedica seu tempo a alguém, você está dedicando uma porção de sua vida que jamais irá recuperar. O seu tempo é a sua vida . É por isso que o maior presente que você pode dar a alguém é o seu tempo..."
(Rick Warren)

As vezes tenho esta sensação de que estou perdendo tempo! E é tão ruim sentir isso...Sentir que a vida está passando e o tempo que foi não volta mais. Mas acho que vamos sentir isso sempre, independente se fazemos muito ou pouco. Somos os únicos seres que tem consciência de que sua matéria tem prazo de validade.
Um abraço meu amigo!

Lilian disse...

O tempo pode ser nosso melhor amigo ou o maior inimigo.

Depende do uso que fazemos dele.

Postagem impecável, como sempre.

Beijos, lindinho.

Alê disse...

Lembrei de Lenine: 'e quando o tempo acelera e pede pressa... eu vou na valsa...


Bjkassssssssss

Paula disse...

O tempo me dá medo, mas eu trato bem com ele.

Você postou algo maravilhoso hoje.

Bjkitas.

Marilia disse...

Enquanto penso, o tempo é meu aliado.

Se parar para descansar, torna-se meu algoz.

Mas ainda assim somos bons amantes, ele e eu.

Beijos, meu querido, pela linda postagem da hora.

Fabi disse...

Que texto bem escrito e de impecável qualidade. Eu adoro esse seu blog porque sempre me traz algum proveito.

Uma beijoca de carinho e amizade para você, talentoso escritor.

Severa Cabral(escritora) disse...

Ah! O tempo é responsável por tudo ou quase tudo...
bjs

Adriano César Curado disse...

Obrigado a todos vocês pelos simpáticos comentários nesta simples postagem.

Jaqueline disse...

Adorei esse texto sobre o tempo. Beijos.