LIVROS

Literatura
Livros do escritor Adriano Curado:

1. BIOGRAFIA DO MESTRE PROPÍCIO


O escritor Adriano César Curado estreou na literatura como historiador, quando em 1993, então com 25 anos de idade, o dirigente da Escola e Banda de Música Fênix de Pirenópolis, Pompeu Christovam de Pina, encomendou para ele uma biografia do fundador daquela corporação musical.

A Banda Fênix completaria 100 anos e uma grande festividade foi marcada para comemorar a data. A escolha de Adriano Curado se deu porque fazia tempo que ele levantava a história goiana e armazenava os dados em fitas cassetes.

Recebida a incumbência, partiu ele para o trabalho de campo. Entrevistou mais de 50 pessoas direta ou indiretamente ligadas ao maestro Joaquim Propício de Pina, que, para dificultar a empreita, falecera há exato meio século. Também pesquisou em arquivos históricos e apontamentos pessoais.

No dia 23 de julho de 1993, em solenidade na rua Direita, em Pirenópolis, 100 exemplares do pequeno livro foram lançados, distribuídos entre os convidados. Passadas duas décadas, a obra já é raríssima. Só se tem notícia de cinco exemplares, dentre eles, um está na sede da banda e outro com o autor.

Citação da obra: CURADO, Adriano César. Biografia do Mestre Propício. Pirenópolis: 1993. Mimeogr.



2. PAIXÃO DE CABOCLO

O segundo livro lançado pelo escritor Adriano César Curado foi escrito a quatro mãos. Trata-se de Paixão de Caboclo, lançado em 1999, em noite de autógrafos no Hotel Quinta São Bárbara, em Pirenópolis, Goiás. A obra é composta pelos contos: O BOI DA GUIA, A CAÇADA, O GUARDIÃO, A VINGANÇA DO FALECIDO, O MAESTRO, O PADRE E O CAPETA, O PEÃO E A PRINCESA, A CONVERSÃO DE SALUSTIANO AGUADO, SOLEDADE, CAFÉ AMARGO e PAIXÃO DE CABOCLO

Citação da obra: CURADO, Adriano César e FERREIRA, Luís Eduardo Barros. Paixão de Caboclo. Goiânia : KELPS, 1999.

Esta obra encontra-se esgotada, e problemas derivados de acordos autorais impossibilitaram uma nova edição.

Para ler uma sinopse da obra, CLIQUEAQUI.



3. TRAVESSIA
Travessia é uma novela escrita por Adriano César Curado sobre os velhos peões de boiadeiro. O enredo se dá no sertão de Goiás, em 1927, e conta as aventuras de um grupo de peões liderados pelo capataz Brandino. Juntos, eles têm que conduzir uma boiada de mais de mil bois do Povoado de Santana até a distante Pirenópolis.

No percurso que a boiada percorre, no entanto, há o Grande Rio, de águas turvas, que exigia dos homens um esforço sobre-humano para completar a “travessia”.

Baseado numa história real, é uma forte crítica social ao poder dos coronéis e uma antecipação da Revolução de 1930, de Getúlio Vargas, que pôs fim aos desmandos da República Velha.


As marcas do regionalismo está bem acentuada em Travessia, e isso remonta às obras de Bernardo Élis, José J. Veira e Carmo Bernardes. Apesar de idealizar um sertão “particular”, com nome de rios e até certo animal fictício, o cenário não foge dos campos e cerrado goiano. O linguajar nos remete à construção sintática do modo caipira de falar, mas ao mesmo tempo não desliza na ortografia.
A aflição do homem é explorada ao extremo em Travessia. As personagens não conseguem tomar as rédeas da própria vida, são condicionadas pelas circunstâncias do meio, são sugadas pela vastidão verde que as cerca.
Por outro lado, a boiada é um dos personagens mais marcantes da trama. Ela tem vida própria e direciona a história de acordo com sua própria vontade. São os homens que levam os bois ou o contrário? Essa é uma indagação que fica ao final da leitura de Travessia.
A história é contada na forma de novela, quadro a quadro, descrição a descrição. Zé Carvão, ponteiro da comitiva, com seu berrante melancólico, segue na guia e por vezes se perde, não sabe se orientar no deserto dos ermos goianos. Peões morrem, ficam pelo caminho. Outros têm que conviver com a solidão e com os medos.
 O livro foi premiado pela Bolsa de Publicações Cora Coralina, do Governo de Goiás, sendo editado pela Agência de Goiana de Cultura e pelo Instituto Goiano do Livro.

ISBN: 8587693247
Idioma: português
Encadernação: Brochura
Ano de Lançamento: 2001



*  *  *
4. ALMAS GÊMEAS
ALMAS GÊMEAS é a estreia de ADRIANO CÉSAR CURADO na poesia, e o fez em parceria com a à época namorado, e hoje esposa, poetiza THAIS VALLE BRITO CURADO. São poemas que se mesclam em variados temas e, num jogo de palavras, um reponde às indagações sentimentais do outro.

ISBN: 978857103434-1
Idioma: português
Encadernação: Brochura
Ano de Lançamento: 2007
Número de páginas: 77

 


 


5. CAVALHADAS NO LARGO
Cavalhadas no Largo é um livro de contos engraçados, onde o escritor Adriano César Curado mostra seus personagens envolvidos nas mais hilárias histórias. É composto pelos seguintes contos: O tratador de jacarés, Preferência sentimental, Parada cívica, A prenda, Teatro amador, Avô brabo, O couro de boi, A onça pintada, Acidente horroroso, Férias escolares, O toicinho da velha, Picolé de palha, Pão com sardinha, Desafio macabro, O fiscal e Cavalhadas no largo. Todas essas histórias se passam na cidade histórica de Pirenópolis, Goiás.

O regionalismo mais uma vez está presente na escrita do autor, principalmente nos contos "A prenda", "O couro de boi", "A onça pintada" e "O toicinho da velha". Neste último, por exemplo, somos remetidos a um sertão distante, tempo de chuva abundante e da cortesia da hospedaria dos viajantes.
 
ISBN: 978857766795-9
Idioma: português
Encadernação: Brochura
Ano de Lançamento: 2009




 
6. DEUS MORA NO SEU INTERIOR
Em 2009, Adriano Curado inova ao lançar um livro de autoajuda, absolutamente desvinculado de religiões ou tabus. É o interessante DEUS MORA NO SEU INTERIOR, um e-book disponibilizado gratuitamente pela internet, que chegou à marca de onze mil visualizações.

Trecho do livro: "Assim como pode atrair seus temores, você tem a capacidade de chamar para si coisas maravilhosas. Se pensar em riqueza e fortuna, por exemplo, a lei da atração fará com que surjam em sua vida oportunidades de ganhar dinheiro como nunca antes imaginou. Ponha a Energia Divina para trabalhar a seu favor. Use corretamente a lei da atração e verá que sua vida melhorará da água para o vinho. Não deixe que pensamentos ruins dominem você, combata a tendência de desanimar e se sentir inferiorizado ou injustiçado. Lembre-se sempre que você é o rei no seu mundo mental."

PARA ACESSAR GRATUITAMENTE O LIVRO, CLIQUE AQUI


7. CHUVA DE ESTRELAS
Chuva de Estrelas é um livro de contos, onde o escritor Adriano César Curado analisa os conflitos de cada personagem com o meio em que vive, numa descrição primorosa de cenários. As histórias se passam numa época de escravos, de jagunços, de sertão ainda indomado, de honra lavada com sangue e das superstições no imaginário popular. Tudo isso bem temperado com ironia refinada e cômica, que são a marca do autor.

É composto pelos seguintes contos: A Escrava Maria, A Vingança do Falecido, O Boi da Guia, A Confissão, O Maestro, o Padre e o Capeta, A Conversão de Salustiano, Café Amargo, O Casarão, Paixão de Caboclo, O Peão e a Princesa, O Fantasma de Hernesto, A Caçada, O Espírito da Floresta e Chuva de Estrelas.

Este pequeno livro de contos é considerado por muitos a obra mais romântica e pura do escritor. O conto que dá nome ao livro é uma exaltação ao amor entre pai e filho. De forte influência regionalista, vê-se o estilo de Bernardo Élis bem presente em seus cenários. No conto "O fantasma de Hernesto", a cena da briga na venda nos remete ao velho oeste estadunidense, embora a história seja bem goiana, tanto em personagens quanto no linguajar.

ISBN: 9788581060989
Idioma: português
Encadernação: Brochura
Ano de Lançamento: 2011



8. O TROPEIRO
A novela O Tropeiro conta a história de uma tropa de 132 mulas que em 1818 saiu de Pirenópolis, Goiás, com destino a Franca, em São Paulo. Levava uma preciosa carga de algodão, mas no caminho teve que enfrentar índios furiosos, ladrões, escravos fugitivos, pragas, doenças e morte. São mais de quarenta dias de viagem debaixo de muita chuva e com pressão constante do clima.

A novela nos leva por cenários desoladores do século dezenove. Muita fome e decadência são vistas naquele Brasil Imperial e corrupto. O fim do clico do ouro nas cidades goianas e mineiras traz descrença para o povo, ao mesmo tempo que é redesenhado um novo cenário social.

Mas ainda há esperança na reconstrução nacional. Na beira do caminho nascem novas povoações que, no futuro, serão cidades grandes. Os modernos engenhos de moer cana-de-açúcar impulsionam o comércio, dão novo alento ao povo.

ISBN: 9788581062488
Idioma: português
Encadernação: Brochura
Ano de Lançamento: 2012
PARA COMPRAR O LIVRO, CLIQUE AQUI.

9. OS CARAPINAS DOS PIRENEUS
O livro OS CARAPINAS DOS PIRENEUS é um apurado trabalho de pesquisa histórica, que traz a biografia de personalidades da região da Serra dos Pireneus. Depois de apurada pesquisa em arquivos pessoais, de entrevistas e análise de livros especializados, chegou-se ao termo final da obra. Os biografados são: José da Silva Batista, Aquiles de Pina, Maria Fleury,, Sebastião Pereira, Maria Eunice Pereira e Pina, Francisco José de Sá, César Roquete de Amorim, Francisco Fernandes da Silva, Emílio de Carvalho, Ermano da Conceição, Geraldo d'Abadia de Pina, Isócrates de Oliveira, José Raimundo Reis da Silva, Luiz de Aquino Alves, Marlene Fleury, Joaquim Propício de Pina, Luiz Gonzaga de Camargo Fleury, Pérsio Ribeiro Forzani, Luiz Gonzaga Jayme, Antônio da Costa Nascimento, José Abadia de Pina, Luiz César da Trindade Curado, Irnaldo Jayme e Amália Rosa de Sá e Pina.

ISBN: 9788581065427
Idioma: português
Encadernação: Brochura
Ano de Lançamento: 2014
Número de páginas: 114
PARA COMPRAR O LIVRO, CLIQUE AQUI.


*  *  *